segunda-feira, 21 de julho de 2008

O sonho brasileiro

Eu estava pensando em escrever um roteiro para enviar a Hollywood. Seria mais uma história sobre trabalho, determinação e, finalmente, o sucesso.

O meu personagem não começaria tão por baixo, mas seria um representante da classe média alta baiana. Com dezessete anos já tinha iniciado sua vida empresarial e também transitava pelo mundo do mercado de ações.

Continuou sua vida de empreendedor, formando-se em engenharia. Depois engatou uma pós no renomado MIT (Massachusetts Institute of Technology) e iniciou uma longa convivência com personagens poderosos do mundo econômico, financeiro e político do Brasil.

Com um patrimônio pessoal de trezentos milhões de reais, seu nome entraria pela porta da frente na história empresarial brasileira, participando de grandes negociações no mundo das telecomunicações, reforçando a sua imagem de empresário moderno e de sucesso.

Uma pena para o Brasil descobrir que o final não foi tão bonito. Esta história culmina com outro recorde, o de ser preso duas vezes em menos de 48 horas. Descobrimos que seu sucesso foi construído através de amizades perigosas e corrupção. O nome deste personagem é Daniel Dantas.

Mais uma vez descobrimos que o "sonho brasileiro" nunca é construído apenas pelo trabalho, perseverança e honestidade. Fica a impressão de que o sucesso só vem com falcatruas e corrupção.

No Brasil, o sucesso honesto só existe para jogadores de futebol, dançarinas de rebolados e outros artistas?

Postar um comentário