quarta-feira, 28 de junho de 2017

Passeios de bike por São Paulo

Vista da passarela que liga a Ciclovia Marginal ao Parque do Povo

Envelheço e com o tempo vou constatando que a vida é cíclica. Tem altos e baixos, alegrias e tristezas e também resgate de velhos prazeres.

Um dos prazeres antigos que estou redescobrindo é minha paixão por bicicletas. Andei por muitas trilhas nos anos 1990 e fazia alguns passeios mais fortes nas pistas da Marginal Pinheiros até a Cidade Universitária da USP, no meio dos carros e sem muito juízo.

Hoje redescubro este prazer com a ciclovias e ciclofaixas que foram instaladas em São Paulo. Confesso que nunca fui muito fã do ex-prefeito Fernando Haddad, mas até acho que a iniciativa seria boa se fosse melhor planejada e executada.

Estes passeios tem me mostrado a cidade por outra perspectiva. Passar por ruas, avenidas e locais turísticos em baixa velocidade e sem o atropelo cotidiano nos permite curtir detalhes que passaram desapercebidos durante anos.

O mapa abaixo mostra um dos trajetos que fiz, passando por vários locais bacanas da cidade.

Trajeto do passeio registrado pelo aplicativo Strava
Trajeto do passeio registrado pelo aplicativo Strava
E na sequência apresento algumas fotos da minha companheira destes passeios, uma Caloi 10 dos anos 1980 que comprei e estou reformando aos poucos.

MASP - Museu de Arte de São Paulo / Av. Paulista
 
Monumento às Bandeiras - Parque do Ibirapuera

Lago da Chácara do Jóquei - Butantã
 
Minhocão (Elevado Pres. João Goulard)
 
Páteo do Colégio - Sé
Outros prazeres que estes passeios me proporcionam são os pastéis que já experimentei nas feiras ao lado do Parque do Ibirapuera (sábados), feira da Av. Nova Faria Lima (domingos) e feira da Al. Santos (domingos). Também é muito bom curtir as barraquinhas de água de coco que ficam espalhadas pelas ciclofaixas aos domingos.

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Testando Relive no meu passeio de bike pela USP

Agora que retomei meus passeios de bicicleta, estou testando um aplicativo Strava que registra as rotas, velocidades, entre outros fatores, e o Relive que faz uma animação muito bacana da rota .

Segue abaixo meu primeiro teste com um passeio pela Cidade Universitária de São Paulo.



Tente o link direto se não conseguir ver o filme: https://www.relive.cc/view/1029796853



terça-feira, 11 de abril de 2017

How I Met Your Mother

Post pessoal que somente eu vou entender. Aos poucos que acompanham este blog, se é que alguém lê isto aqui, não procurem sentido neste texto. Estou escrevendo apenas para uma pessoa: eu mesmo.

Neste período de caminhada solitária, passei parte do meu tempo livre assistindo o seriado How I Met Your Mother e sempre me identifiquei com a busca do Ted Mosby. Apesar de tudo que passei, vejo que sempre cultivei a mesma esperança que o personagem do seriado mantinha.

Hoje assisti o último capítulo e confesso que aquilo me pareceu um sinal, mas ainda não sei qual é o recado que a vida tentou me passar. 

Só sei que estou atordoado, procurando um rumo para seguir. E peço a Deus ilumine para escolher o caminho correto.

Keep Walking (alone)...