quarta-feira, 2 de julho de 2008

Receita que vai revolucionar o mundo - Presuntada Swift frita com cebola

Uma das minhas lembranças culinárias de infância é ter adorado comer presuntada de lata, frita com cebolas.

Era comum eu comer este fino prato quando passava alguns dias na praia, provavelmente pela sua facilidade de preparo. A lata até facilitava a sua abertura, trazendo um sofisticado abridor de latas especial.

O interessante é que eu passei muitos anos da minha vida, com uma ótima lembrança do seu gosto. E podemos contabilizar "muitos anos" como pelo menos trinta.

Outro dia, eu estava fazendo compras no supermercado com a minha família e me deparei com a lata de presuntada. A lata era branca nas minhas lembranças, mas parece que ela passou por algum processo de modernização ou minha memória falhou, porque agora a lata é azul.

Só sei que não resisti e comprei. Levei a lata para casa, imaginando voltar a sentir aquele maravilhoso sabor que era prisioneiro em minhas memórias.

Cheguei em casa, abri a lata e me diverti com seu sistema de abertura especial. A gente encaixa o abridor em uma espécie de lingua metálica e vai girando, retirando uma fita do corpo da lata que se abre.

Piquei meia cebola e coloquei tudo na frigideira. Estranhei o cheiro que exalou, mas resolvi ignorar.

Coloquei o conteúdo pronto em uma travessa e me preparei para degustar a iguaria...

Que decepção!! Este treco tem um gosto horrível. Será que a minha memória me pregou uma peça ou o tempo estragou o gosto do produto?

Ainda não sei a verdade, mas de uma coisa eu tenho certeza: não recomendo esta tranqueira para ninguém.
Postar um comentário