quarta-feira, 11 de março de 2009

CET - Companhia para Engarrafamento do Tráfego

Ontem eu vivi uma situação muito bizarra, no trânsito de São Paulo. Estava voltando da aula, quase as 23:00 horas e me deparo com a Marginal Tietê completamente parada.

Fiquei parado uns cinco minutos no mesmo lugar e imediatamente mudei minha a estação do rádio para Sulamérica. Sim, para quem não conhece São Paulo, existe uma estação de rádio especializada em passar informações sobre o trânsito caótico desta cidade.

Cheguei a ficar impressionado com o poder dos celulares porque a locutora começou a falar que estava recebendo mensagens sms de ouvintes pedindo ajuda e informações para escapar do mesmo congestinamento que eu estava.

Ela afirmou que não estava sabendo de nada e que a CET (Companhia de Engenharia de Tráfico) só havia comunicado previamente sobre dois pontos de interdição e nenhuma delas era no ponto em que estávamos. Para ajudar os ouvintes, ela ligou para CET e novamente foi informada que nada havia de errado naquela trecho da marginal.

Estranhamente comecei a ver cones, barreiras plásticas e outros acessórios com o logotipo da CET desviando os carros da pista expressa para pista local. Um pouco mais adiante, avistei viaturas da CET e funcionários orientando os motoristas.

Só podiam ser psicopatas, pensei. Como a CET poderia deslocar tantos recursos para interditar um longo trecho da Marginal e não saber informar a pobre locutora?

Se não eram psicopatas se passando por funcionários da concessionária de serviço público, só podemos concluir que ali devem reinar uma grande bagunça.

Agora está explicado porque temos um trânsito tão caótico.

Postar um comentário