terça-feira, 18 de novembro de 2008

O preço de ser o homem mais poderoso do mundo

Ironias da vida. O homem mais poderoso do mundo não pode redigir e ler seus próprios e-mails e nem ter um laptop sobre a sua mesa de trabalho.

A vedete do momento, Barack Obama, é viciado em BlackBerry mas as normas de segurança proíbem que presidente americano acesse e-mails.

Para presidentes que beiram sessenta anos de idade, talvez estas restrições não causem problemas ou estranheza, mas para presidentes mais jovens, caso de Obama, isto pode se tornar uma tortura.

Imagine as síndromes de abstinência que estas normas de segurança iriam causar nos raros leitores deste blog, caso algum fosse eleito presidente dos EUA. Ficar longe da caixa de e-mails e do computador poderia provocar crises de ansiedade, coceiras, tiques nervosos, etc.

Leia mais em Info Exame.

Postar um comentário