quarta-feira, 28 de junho de 2017

Passeios de bike por São Paulo

Vista da passarela que liga a Ciclovia Marginal ao Parque do Povo

Envelheço e com o tempo vou constatando que a vida é cíclica. Tem altos e baixos, alegrias e tristezas e também resgate de velhos prazeres.

Um dos prazeres antigos que estou redescobrindo é minha paixão por bicicletas. Andei por muitas trilhas nos anos 1990 e fazia alguns passeios mais fortes nas pistas da Marginal Pinheiros até a Cidade Universitária da USP, no meio dos carros e sem muito juízo.

Hoje redescubro este prazer com a ciclovias e ciclofaixas que foram instaladas em São Paulo. Confesso que nunca fui muito fã do ex-prefeito Fernando Haddad, mas até acho que a iniciativa seria boa se fosse melhor planejada e executada.

Estes passeios tem me mostrado a cidade por outra perspectiva. Passar por ruas, avenidas e locais turísticos em baixa velocidade e sem o atropelo cotidiano nos permite curtir detalhes que passaram desapercebidos durante anos.

O mapa abaixo mostra um dos trajetos que fiz, passando por vários locais bacanas da cidade.

Trajeto do passeio registrado pelo aplicativo Strava
Trajeto do passeio registrado pelo aplicativo Strava
E na sequência apresento algumas fotos da minha companheira destes passeios, uma Caloi 10 dos anos 1980 que comprei e estou reformando aos poucos.

MASP - Museu de Arte de São Paulo / Av. Paulista
 
Monumento às Bandeiras - Parque do Ibirapuera

Lago da Chácara do Jóquei - Butantã
 
Minhocão (Elevado Pres. João Goulard)
 
Páteo do Colégio - Sé
Outros prazeres que estes passeios me proporcionam são os pastéis que já experimentei nas feiras ao lado do Parque do Ibirapuera (sábados), feira da Av. Nova Faria Lima (domingos) e feira da Al. Santos (domingos). Também é muito bom curtir as barraquinhas de água de coco que ficam espalhadas pelas ciclofaixas aos domingos.

Postar um comentário