domingo, 9 de fevereiro de 2014

Não sei quantas almas tenho [Fernando Pessoa] - Written with a Parker 51

Não sei quantas almas tenho  Não sei quantas almas tenho.  Cada momento mudei.  Continuamente me estranho.  Nunca me vi nem achei.  De tanto ser, só tenho alma.  Quem tem alma não tem calma.  Quem vê é só o que vê,  Quem sente não é quem é,  Atento ao que sou e vejo,  Torno-me eles e não eu.  Cada meu sonho ou desejo  É do que nasce e não meu.  Sou minha própria paisagem;  Assisto à minha passagem,  Diverso, móbil e só,  Não sei sentir-me onde estou.  Por isso, alheio, vou lendo  Como páginas, meu ser.  O que segue não prevendo,  O que passou a esquecer.  Noto à margem do que li  O que julguei que senti. Releio e digo: "Fui eu ?" Deus sabe, porque o escreveu. Parker 51 writing sample.
"Não sei quantas almas tenho" - Fernando Pessoa 


Today I received my Parker 51 by mail. It came from England and only God knows the age and the scenes that It witnessed. 

This fountain pen have medium nib and after some testing I concluded that little letters fits better with this kind of nib.

You can see my Parker 51 writing sample above with a Fernando Pessoa's poem.

Hope you enjoy.

--------------------------------

Hoje recebi minha Parker 51 pelo correio. Ela veio da Inglaterra e apenas Deus sabe sua idade e as cenas que presenciou.

Esta caneta tinteiro tem uma pena média e, após alguns testes, concluí que ela se adapta melhor com letras pequenas.

Na foto acima é possível observar uma amostra da minha escrita com a Parker 51 com um poema de Fernando Pessoa.

Espero que gostem.

Parker 51 and writing sample
Parker 51 - Burgundy color



Quick review: Vintage Parker 51 with medium nib.

Despite it's age, shall have been made in the '50s, it shows few signs of wear and your writing is very soft and comfortable. After received it by the mail I understood the reason for the attraction that this model brings to collectors and connoisseurs of fountain pens.

It provides a great feeling of quality and a robust construction and the smoothness of your writing is your main quality. 


--------------------------------

Review rápido: Parker 51 com pena média
 
Apesar de sua idade, provavelmente foi fabricada nos anos 50, demonstra poucos sinais de uso e proporciona uma escrita macia e confortável. Após recebê-la através dos correios é que entendi a razão do grande interesse que desperta entre colecionadores e apreciadores de canetas tinteiro.

Ela apresenta uma sensação de qualidade muito grande, uma construção robusta e a maciez de sua pena é a sua maior qualidade.


Postar um comentário