segunda-feira, 11 de maio de 2009

Adega para tubaína

Tive esta idéia depois de ler um post da nossa gloriosa Tia Batata. Ela postou sobre uma nova tubaína na cidade em que ela mora e, ao ler o post dela, me dei conta de que eu estava no caminho errado.

Depois de uma viagem ao sul, mais precisamente ao Vale dos Vinhedos, comecei com a mania de comprar vinhos. Trouxe algumas garrafas da viagem, comprei alguns em São Paulo e acabei ficando com meia dúzia de garrafas micadas na minha casa.

Demorei, mas me toquei que a minha verdadeira vocação é ser "tubaineiro" e não enólogo. Sinto muito mais prazer em me arriscar em novos sabores de refrigerantes baratos do que vinhos medíocres, que meu pobre orçamento permite.

Conclusão: Sou tubaineiro, mas sou feliz.

Postar um comentário